segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Nuno Camarneiro vence Prémio Leya 2012

À quinta edição o Prémio Leya (100 mil euros) vai pela segunda vez para um autor português: Nuno Camarneiro, de 35 anos, vence com Debaixo de Algum Céu . Um romance que é uma "exploração da ideia de purgatório" segundo o seu autor.

A obra vencedora deverá ser publicada em Março e foi escolhida “por maioria” por um júri presidido por Manuel Alegre. 
O júri "apreciou no romance Debaixo de Algum Céu a qualidade literária com que, delimitando intensivamente a figura fulcral do 'romance de espaço' e do 'romance urbano', faz de um prédio de apartamentos à beira-mar o tecido conjuntivo da vida quotidiana de várias personagens - saídas da gente comum da nossa actualidade, mas também por isso carregadas de potencial significativo".

Camarneiro tinha já uma obra publicada na Leya, intitulada No Meu Peito não Cabem Pássaros, livro que se encontra disponível na nossa biblioteca!
(fonte: Jornal Público)

Sem comentários: