segunda-feira, 6 de maio de 2013

Mãe



MÃE

Quando Deus criou a Esperança,
O Amor e a Luz com seu brilho,
Fez com o Mundo uma aliança
E deu à Mãe o Seu filho.

Mãe é palavra singela,
Mas encerra tal grandeza,
Que o coração pulsa ao lê-la
No primor da Natureza.

Choveu a Graça Divina
Sobre a dor que a vida tem:
Fez-se Amor, fez-se menina,
Fez-se mulher, fez-se Mãe.

A sua face é doçura...
O seu olhar é beleza...
O seu coração ternura...
Ela é a Mãe, com certeza!...

Há um sol que brilha e aquece,
Noite e dia, as horas tristes:
A Mãe erguendo uma prece
Nas horas em que desistes!

Por muito que a gente mude
E busque amor a seu jeito,
Um só salva e nunca ilude:
O de Mãe --- Amor-Perfeito!

Elisabete Aguiar


Sem comentários: