quinta-feira, 25 de março de 2010

Soraia

Não te conhecia
Até ao silêncio que caía
Da lágrima da tua S’tora
Não te conhecia
Até à Primavera que doía
Oferecida pela tua turma
Não te conhecia
Até à tristeza que entupia
A entrada do portão
Infelizmente já te conheço
Pois a vida disse-te não
Mas na saudade que vi
Que nos teus colegas senti
Prometo que não te esqueço
Alunos

Sem comentários: