domingo, 4 de dezembro de 2011

Concurso Nacional de Leitura - Livros



Já se encontram na biblioteca as obras de leitura obrigatória para o Concurso Nacional de Leitura.

Livro de José Luís Peixoto (alunos do ensino secundário)

Livro é uma obra claramente dividida em duas partes, bem distintas. Na primeira narra-se a saga de Ilídio e Adelaide, num ambiente rural que atravessa os míseros anos da ditadura salazarista. Tempos de miséria e de fome. Fome de pão mas também de liberdade. Para Ilídio e Adelaide a felicidade era proibida pelo preconceito, pelo medo, pela pobreza de pão e de espírito.

Por todo o lado, a PIDE, o medo, a fome e a ignorância.

Neste reino de injustiça e obscurantismo a emigração ilegal para França, estimulada pelo fantasma de uma guerra colonial (que ninguém entendia) surge como a ponte para a salvação. Uma ponte de esperança mas também envolta em medos e perigos.

Na segunda parte do Livro, todo o tom da narrativa se modifica: a esperança renasce; a vida adquire tons mais vivos; o mundo ilumina-se. E o marco dessa mudança é o 25 de Abril. O amor de Ilídio e Adelaide ressurgirá finalmente; a vida passa a ser escrita na cor da esperança. Fonte: http://aminhaestante.blogspot.com/2010/10/livro-jose-luis-peixoto.html

O Jardim das Delicias de João Aguiar (alunos do ensino Básico):

Num dado momento histórico, situado para lá dos meados do século XXI, um jornalista farta-se do mundo em que vive. Esse mundo é a grande Federação Europeia, descendente directa da União Europeia. Uma Federação massificada, estupidificada, dominada pelos Estados mais poderosos, os quais, por sua vez, obedecem cegamente a grandes grupos económicos, que apenas se ocupam dos seus interesses.

Ao criticar violentamente esse mundo, o jornalista apercebe-se de que a liberdade de informação já não é o que era, e de que há mais descontentes do que ele julgava. Apercebe-se, também, de que, entre esses descontentes, cresceram e ganharam força certas ideologias que, no passado, mergulharam a Europa no caos. Aproxima-se o momento de um grande confronto — e ele encontra-se no meio do campo de batalha, incapaz de aderir a qualquer dos dois exércitos…

Um romance de grande actualidade, que demonstra a constante atenção do Autor aos mais prementes problemas do nosso tempo. (fonte: wook)

Não percas muito tempo para requisitar os livros e começares já a ler!

Sem comentários: