quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Ciclo de Reflexão sobre Direitos Humanos - dia 3

E chegámos ao último dia do Ciclo de Reflexão sobre Direitos Humanos. Recebemos durante a manhã o Dr. Oscar Issisdorsson em representação da ONG sueca Afrikagrupperna, organização que desenvolve um trabalho de mérito combatendo a pobreza em África e apoiando uma série de organizações em vários países deste continente, tais como, Angola, Namíbia, Moçambique, África do Sul e Zimbabwe, bem como desenvolve programas e intercâmbios regionais.  Após a palestra, houve ainda tempo para a colocação de questões ao nosso convidado. Passámos de seguida, à exibição da 1ª parte do premiado documentário “Amanhã” que retrata a viagem à volta do mundo do ativista, poeta, escritor e ator Cyril Dion e da atriz Mélanie Lauren. O objetivo foi a recolha de histórias de sucesso de pessoas que, face a algumas adversidades conseguiram dar a volta à situação de uma maneira criativa, em prol da sustentabilidade ambiental.

Já no bloco do meio-dia, a ACCIG dinamizou para algumas turmas um workshop bastante interativo, sobre Violência no Namoro.

Durante a tarde exibimos o filme "A rapariga dinamarquesa" - Estreado na 72.ª edição do Festival de Cinema de Veneza, um filme dramático que conta com a assinatura de Tom Hooper ("O Discurso do Rei", “Os Miseráveis”). O argumento é baseado na obra homónima de David Ebershoff que, por sua vez, se inspira na extraordinária história dos artistas Einar Wegener/Lili Elbe e Gerda Wegener.

E assim, terminámos mais um Ciclo de Reflexão dedicado aos Direitos Humanos. Queremos agradecer a todas e a todos que connosco fizeram com que este Ciclo, mais uma vez, fosse possível na nossa escola - às entidades convidadas, à direção da escola, aos docentes, aos funcionários, às alunas e alunos que estiveram presentes, muito obrigada!
Esperamos que as mensagens aqui deixadas, fomentem a desejada reflexão e  nos movam numa ação conjunta de forma a que cada um de nós deixe de lado a indiferença e faça a sua parte na sua casa, na sua rua, no seu, no nosso  mundo, num efeito dominó, em torno da defesa incondicional dos Direitos Humanos!


BEM HAJA

Sem comentários: